quinta-feira, 27 de dezembro de 2012

AS 4 DIREÇÕES SAGRADAS



Direção Leste

O primeiro é o LESTE que é o Sol, a energia do dia, a energia masculina, cujo elemento é o fogo que força ao espírito. O animal é a águia, condor, gavião, falcão, a coruja branca. A águia é a clareza, a visão, o objetivo e o foco. Ela voa e, antes de se envolver em qualquer situação, temos que olhar bem, ter certeza absoluta de que é aquilo que queremos. A águia escolhe sua presa e faz um mergulho seguro. Ela nos ensina uma lição: primeiro se afaste da situação para visualizá-la.

Elemento: Fogo                                                                                                                                                                                  Cor: Amarelo
Corpo: Espiritual
Sol
Masculino
Dia
Visão/ Observação à distância
Observar antes de investir energia
Águia/ Condor/ Serpente/ Gavião/ Falcão

Direção Oeste

O segundo movimento é o OESTE, onde está a Lua, a energia da noite, a energia feminina. O elemento é o ar que dá força à mente. Uma qualidade do ar é que ele fica preso ao peito, cujo centro é ocupado pelo coração. O animal é a ursa negra, a coruja,o morcego, o tatu e a pantera. E a introspecção e a ursa negra é a professora dessa direção. Os ursos, quando entram em período de hibernação, eles ingerem tudo que gera gordura para que, nesse período, tenham os nutrientes necessários para, quando acordarem, tenham a capacidade de ainda buscar alimento. Sua lição: mostrar a necessidade de se preparar para seguir um caminho, enfrentar os medos traumas, limitações, tudo que o  está impedindo no seu processo. Enfrentamos nossos demônios, nossas sombras, nossos padrões e aprendemos a enxergar isso. Há animais que circulam de LESTE a OESTE, como o lagarto.

Elemento: Ar
Cor: Preto
Corpo: Mental
Lua
Feminino
Noite
Introspecção/ Análise/ Avaliação
Preparação interior/ Confrontar os limites
Perceber as barreiras e os sabotadores mentais
Ursa Negra/Lagarto/Tatu/Morcego

Direção Sul

O terceiro movimento encontra-se no SUL, onde se  localiza a energia da criança. O elemento é a água que dá força ao coração, ao plano emocional. Os animais são o lobo, o coiote, a lontra, o golfinho - animais brincalhões. É onde  se vai descobrir o nosso potencial, o que se precisa fazer para assumir sem medo. É o momento de quebrar rótulos, romper paradigmas. O que se quer ser?  Se é resultado do pensamento dos amigos,  dos pais,  da sociedade, dos outros, ou se quer ser  resultado do seu próprio mental? O Sul é o lugar onde se joga uma pedra no espelho e se vê as várias fases que de somos feitos para, no meio delas, descobrir  a nossa face essencial. Qual delas é o EU SOU?  Temos acesso, portanto,  à autenticidade, ao nosso potencial. Assume-se, no Sul, aquilo de que se gosta, aquilo que se quer pra si mesmo: nossos verdadeiros talentos.

Elemento: Água
Cor: Vermelho
Corpo: Emocional
Criança
Brincar/ Autenticidade/ Pureza
Deixar máscaras e rótulos/ Conectar com a verdadeira essência
Livre arbítrio/ Reconhecer Deus dentro de mim
Coiote/Lobo/ Onça/ Lontra/ Esquilo/ Golfinho

Direção Norte

O quarto movimento é o do NORTE, a energia do sábio/velho. O elemento é a terra que dá força ao físico/corpo. Os animais são o alce, o búfalo, o cavalo, o gamo “animais que caminham fixo nas quatro patas”. É onde se aprende a ser seguro, andar em segurança. É o momento onde se sabe o que se quer, sabe-se quem se é, se está pronto para dar o mergulho da águia, atingir o nosso objetivo. Aí, circula-se e aprende-se com os professores - com várias características sutis: um gesto, um amigo, um erro, um acerto, uma planta, um pássaro,um mestre.
Sabe-se o que se quer e aprende-se a se preparar para o mergulho da águia - ir para o leste e depois circular. Estar sempre aprendendo com essas direções.

Elemento: Terra
Cor: Branco
Corpo: Físico
Segurança/ Determinação/ Firmeza/ Respiração/ Concretização
Acreditando no potencial/ Tornando lei meu direito de ser feliz
Búfalo Branco/ Alce/ Touro /Cavalo

Nenhum comentário:

Postar um comentário